quarta-feira, agosto 3


A Família como espelho da Sociedade e do País

É fácil perceber que uma Família Portuguesa espelha Portugal.
Desta forma, há que adoptar um modelo de Família que coincida com um modelo de Estado. Assim, um agregado familiar é composto por um Pai, uma Mãe e os filhos e assim o é o País.
Ora, um Pai e uma Mãe juntam-se, têm filhos e têm de os criar e educar, dando-lhes todas as condições que eles necessitem. O mesmo se passa com o Estado: somos todos filhos dele e por isso ele tem de nos garantir todas as condições que nós necessitemos. No entanto, há vários tipos de educação e só há um que seja defensável. O pai "bom" "ensina o filho a pescar em vez de lhe dar sempre o peixe". Pensando assim e, aplicando este modelo ao Estado, não podemos estar sempre à espera do subsídio ou da casa, etc! Temos sim que trabalhar, com as condições que o Estado nos oferece, para conseguir o ordenado e a casa!
Só assim se consegue uma casa arrumada e um País desenvolvido!

Viva Portugal e Viva os Portugueses!

8 comentários:

BastonadasNacionais disse...

Muito bem Mestre de Avis!
A pergunta não é o que é que a Nação pode fazer por nós, é o que podemos nós fazer pela Nação!?
Trabalhar, trabalhar, trabalhar!
Infelizmente o povo português já não sabe o que isso é há muito tempo. ainda ontem nas noticias falavem em fábricas que precisam de funcionários e não conseguem arranjar... mas na região têm 13.000 inscritos no fundo de desemprego! A politica social é uma tanga (nestes moldes). Quem não faz nada tem ajudas, quem produz e cria uma familia tem de sacrificar-se pelos outros como se ser honesto e produtivo fosse um fardo só para alguns e não precisasse de apoios!!!

Abraço!

Vitor Manuel disse...

É um fartar vilanagem, a educação e família em Portugal foram e são diariamente arrastados pela lama.
A militancia diária vai fazer com que o nosso país tenho um novo rumo.

BastonadasNacionais disse...

O Bastonadas vai de férias!

Abraço a todos e portem-se mal!

Ze do Telhado disse...

Grande post camarada e amigo Mestre de Aviz!

« O pai "bom" "ensina o filho a pescar em vez de lhe dar sempre o peixe". » Um bom apanhado e um óptimo exemplo. Bom trabalho.

Referente ao camarada Bastonadas, a questão é o que nós podemos fazer pela Nação e o que ela poderá fazer por nós. Uma Nação mal amada, desrespeitada, insultada, esquecida, desprezada e sem valores, nada por nós pode fazer. Mas se invertermos esta situação e a valorizarmos, lhe dermos um rumo positivo, fazendo os esforços e sacrificios devidos, por certo ela nos há-de recompensar.

Já agora, boas férias Bastonadas

Saudações

Anónimo disse...

pa com todo o respeito, fascistas de merda pa

Hamokes disse...

Fico contente com o que vejo.
ate mesmo do Anonimo , que por muito mal que diga e que pense , fica-lhe na memoria , e vai pra casa a pensar que afinal "os FASCISTAS" tinham razão...

Grande Post , e vem a calhar , pois vou ser PAI em Março , e vou ja comprar as canas , para poder ensinar o FUTURO NACIONALISTA.

AQUELE ABRAÇO...

PORTUGAL SEMPRE...

Xôr Nacionalista disse...

Excelente POST. O exemplo da pesca está genial. É assim que seguiremos em frente rumo a um PORTUGAL como sempre quisemos.
Viva Portugal!!!
Saudações nacionalistas.

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! » »