quinta-feira, outubro 27


A Censura

Caros camaradas,

Visto sermos todos nacionalistas, de certeza que nos deparamos todos os dias com ataques pessoais e discrminações completamente absurdas.
Pois hoje aconteceu-me algo sem dúvida atípico! Estava eu numa aula de Língua Portuguesa, quando o Professor aquando da leitura da "Mensagem" de Fernando Pessoa, resolve falar dos Estados Unidos da Europa. Obviamente, que eu, indignado, lhe disse que tal coisa não existia e se existisse não fazia qualquer sentido pois era abusar da globalização, causando-nos inevitavelmente a perda de identidade e o caos total. Aconteceu, no entanto, algo estranho, mas hoje em dia normal: fui apelidado de fascista e fui ofendido com uma frase engraçada: "Tu estás é cheio de teias de aranha na cabeça!". Ora, a minha primeira reacção foi rir-me a bandeiras despregadas, quando percebi através duma ameaça que o professor afinal estava a falar a sério; disse-me então que me chumbava se continuasse com tais ideias.
De certo já perceberam onde eu quero chegar! Por defender o meu povo, os nossos costumes e história, sou marginalizado, ofendido e ameaçado!
Meus amigos, haja força para aguentar tal pressão. É difícil, mas façamo-lo por Portugal e pelos Portugueses que não têm culpa das aberrações comunistas que vieram ao mundo apenas para o destruir!
Força Portugal! Vamos vencer!

34 comentários:

Ze do Telhado disse...

E quem fala assim não é gago!
"Where all the good people go?". Bom post camarada.

Conosco quem quiser, contra nós quem puder. Nao nos rendemos!
Para a frente Portugal!

Anónimo disse...

Acho muito bem que sejas chumbado pelo teu professor porque um individuo que pensa como tu reflecte a sua imaturidade e a sua falta de intelecto para com a realidade e para com a história. Devias ter tirado ilacçoes da negra historia fascista da europa, e nao exaltares esse passado negro como se da fuga para a salvaçao se tratasse!

Quanto ao Ze do Telhado, estás na mesma linha. Talvez pareças mais moderado, mas será so fachada, se bem que este ultimo post do Mestre tb esteja relativamente moderado, sem alusoes a exterminios e discriminaçoes...

Olho Atento

Anónimo disse...

sou brasileiro e gostaria de saber o que voces acham do brasil e dos brasileiros que estão em portugal

Mestre de Aviz disse...

depende do que vieram cá fazer...

Mestre de Aviz disse...

Quanto ao primeiro anónimo, tu és mais uma daquelas pessoas que estereotipa os nacionalistas como fascistas como se alguma coisa tivesse a ver. Mais uma evz digo num comentario, lê o nosso primeiro post e vê aquilo que nós pensamos que é um modelo de sociedade ideal. Vais ver que vais tirar muitos macacos da tua cabeça!

Cumprimentos e obrigado por vires cá comentar.

Gonçalo disse...

"negra história do fascismo na Europa"

LOL queres que eu te conte a negra historia do marxismo na Rússia? ou a negra história do capitalismo nos EUA?


Mestre de Avis :) continua a chatear o maçon que ele a mim finge q nao me ouve

Mestre de Aviz disse...

e viva os estados unidos da europa! LOL :)

Mestre de Aviz disse...

falando em comunistas... onde eq andara o rosto pensativo?

Anónimo disse...

Epah, não é pela Russia ter um passado negro devido ao marxismo que podemos desculpabilizar toda a Historia negra do Fascismo. Sou Anti-Comunista, mas não entro nos vossos radicalismos. O que defendem veste a capa de carneiro, mas no fundo é um Lobo. Não estereotipei ninguem, caro mestre, apenas sei que o que defendes pode ter consequencias bastante perigosas.
Ah, e ja tinha lido o vosso primeiro de post. Não existem Modelos de Estado ideais. Talvez uns mais perfeitos que outros. Mas feito pelo homem nada poderá ser ideal, a nao ser o que é obra de Deus.

Cultiva-te amigo.

Olho atento

Mestre de Aviz disse...

admito que o nacionalismo, em alguns casos, pode levar a situações bastante perigosas como foi o nazismo na alemanha. Ainda assim, penso que a historia serve para uma coisa: aprender e aprender com os erros! Lá poruqe hitler matou nao sei quantos milhares, nao quer dizer que nos pensemos em faze-lo. Antes pelo conrario! Sou a favor da paz e da fraternidade, mas, meu amigo, entre portugueses, em portugal! Se achas que isso é perigoso, tens de rever esse teu sentimento!

Cumprimentos

Gonçalo disse...

nao vos percebo... qualquer forma politica que hoje em dia se defende, no passado teve uma "história negra"... nacionalismo levado ao extremo sim pode dar um mau resultado, mas comparar fascismo com nacionalismo está errado.

Gonçalo disse...

peço desculpa pela confusão do comentário

Mestre de Aviz disse...

a confusao so existe em algumas mente deturpadas pelo sistema! nao te preocupes.

Anónimo disse...

Tens razao quando dizes que fascismo não pode ser confundido com nacionalismo, errei no que disse. Só queria dizer que voces em muitos assuntos roçam o extremismo incondicional e tornam a vossa ideologia perigosa. Tentem mudar isso. Aí nao serei oposiçao. Porque amo Portugal, mas amo a especie Humana a cima de tudo e a vida é pequena em demasia para a desperdiçarmos com guerras.

De resto, felicidades para o vosso percurso. Quanto mais reflectirem, melhor será o vosso discurso político. Mas estão ainda nalguns casos, um pouco verdinhos :P

Cumprimentos

Olho atento

Mestre de Aviz disse...

nao sei se estamos verdinhos como tu dizes. Eu, pelo menos, tenho ideias bem firmadas e em nada roçam o extremismo! Não sou racista, nem xenofobo, limito-me, apenas, a defender o meu povo e aí sim de uma forma incondicional.
Aguardo a tua respostas.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Não está em causa se tens ideias bem firmadas ou não. Não duvido disso. Estão verdinhos porque defendem coisas sem notar as consequencias que desses actos poderiam advir.
"Mate-se o primeiro-ministro e toda a oposição, destruemos os partidos! Ninguém precisa destes espécimens!" - não será, por certo, com frases destas que irão para a frente e adquirir o respeito dos vossos adversários.
Se isto não é um discuros extremista e radical, então diz-me o que é.

Cumprimentos

Olho atento

Anónimo disse...

Para não pensares que sou do contra, caro Mestre de Avis, olha por exemplo o meu comentário no Post do Eça de Queiroz... Não tenho complexos em admitir que estão certos quando realmente estão. Também amo o meu País e irei defende-lo veemente. Mas cuidado, o extremismo pode destruir a nossa Nação.

Cumprimentos

Olho atento

Mestre de Aviz disse...

De certo notaste o tom sarcastico com que escrevi o post que tu citaste... Obviamente que nao acho que se devia matar o primeiro-ministro, a oposição e afins mas acho, de facto, que eles nao fazem ca falta alguma. No entanto, e que fique bem claro, nao os quero matar, tendo sido apenas um desabafo. Nao tomes tal coisa como ideia ou acto extremista!
Aguardo a resposta.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Mas caro Mestre, has-de reparar que não precisas de fazer sarcasmo para defender o teu país. Muitos viram a tua frase como inspiração para um caminho de violência gratuita. Outros, os vossos opositores, usarão como arma essas frases que usam, sarcásticas ou não, será a palavra deles contra a vossa. Quero que credibilizem mais a vossa imagem, só isso, porque vejo no vosso blog algum pontencial para serem uma voz mais ouvida no futuro. Mas não caiam no discurso fácil, ou no mau sarcasmo. Sejam iguais a vós proprios, mas não banalizem o discurso. Estão a ser lidos por muitos e nem todos interpretarão a vossa mensagem da melhor maneira.

Olho Atento

Ajtel disse...

O prof é fede-ralista e sem sentido de humor. Os outros não conseguiram ultrapassar a sua des-educação. Mas Portugal ainda vive e conta com os seus...

Mestre de Aviz disse...

Anónimo do Olho Atento,

Agradeço os teus conselhos e os teus elogios.
Nós estamos, de facto, a tentar modernizar o nacionalismo de forma a que esteja acessivel a todos e sem extremismos alguns. Ainda assim, é difícil agradar a toda a gente!

Cumprimentos

Anónimo disse...

Não sou nacionalista mas patriótico. O termo nacionalismo pode gerar alguma confusão.Quanto à forma de defenderem as vossas ideias, acho que, sem dúvida, devem ser firmes nas afirmações mas credíveis e sem gerar qualquer sintoma de violência. Poderão ir muito mais longe. A força e credibilidade são dois factores que muito pesam. Fartos de instabilidade e violência, estamos nós!

Anónimo disse...

"Nao sou nacionalista mas patriotico". Tens medo de ser nacionalista? Isso é claramente um preconceito.

Quanto ao caro Mestre de Avis, claro que é dificil agradar a todos, mas vamos agradar o mais possível à maior quantidade de pessoas possível.
Força no vosso trabalho. Não vos chateio mais, a nao ser que veja uma diminuiçao na qualidade do blog.

Sinceros cumprimentos

Olho Atento

Ze do Telhado disse...

Obrigado sr.Olho Atento, seja la quem é, estamos gratos pela sua crítica formada, pelos elogios e pelas chamadas de atenção. Tentaremos, sem presunção, ser melhores, para dignificar o movimento que defende esta Nobre Nação.

Saudações e volte sempre!

Anónimo disse...

Não tenho medo de ser nacionalista e nada me assusta, mas houve nacionalismos que levaram a extremismos nauseabundos.O que me assusta, é ver este país de pantanas!

Ze do Telhado disse...

"houve nacionalismos que levaram a extremismos " - isso ninguém neste blog refuta, mas há também nacionalismo sem extremismo. Aliás, acho que o movimento merece o benefício da dúvida. Pior do que éste pântano é dificil. Maior extremismo que esta democracia falsa e destrutiva não há. A liberdade na nossa sociedade actual é uma ilusão. Só o Nacionalismo pode proteger o povo português e dar-lhe uma liberdade, mas uma liberdade que respeite a Nação. Uma liberdade que não é confundida com libertinagem.

Cumprimentos

Anónimo disse...

" o movimento merece o benefício da dúvida "
Lol
Depois da rasteira que os Nazis fizeram à democracia, quem é que vai voltar a acreditar nos nacionalistas?

Ze do Telhado disse...

Você deve ser mesmo limitado. Nacional-Socialismo não é o mesmo que Nacionalismo, é apenas E SÓ, uma vertente deste.
As vezes era bom as pessoas lerem alguma coisa de história e de ciencia política para não escreverem frases ridiculas, dignas de um perfeito energumeno.

Anónimo disse...

Orgulhosamente sós. Vão-se foder todos os neo-nazis e fascistas. Todos vocês devem ser putos "bem" ou então são parvos. Quem mandou aos Portugueses irem para África? que culpa têm os pretos, asiáticos ou outros quaisquer de falarem Português? e os imigrantes Portuguêses por esse Mundo fora? se todos regressassem morría-mos de fome. Tenham juízo.

Mestre de Aviz disse...

Os Portugueses foram para África para alargar o seu espaço vital e foi a partir daí que se tornaram a maior potência mundial! Desprezas o poderio da tua Nação? Secalhar pessoas como tu não mereciam ter nascido cá... Mas como diz o Povo, "Dá Deus nozes a quem não tem dentes"!
Força ai, comuna!

Anónimo disse...

Well done!
[url=http://vriiyqzp.com/qesw/gntt.html]My homepage[/url] | [url=http://zutazmmn.com/dfob/fkeb.html]Cool site[/url]

Anónimo disse...

Nice site!
My homepage | Please visit

Anónimo disse...

Thank you!
http://vriiyqzp.com/qesw/gntt.html | http://vsvjlqgw.com/wvhk/ybqz.html

Anónimo disse...

What a great site »