segunda-feira, outubro 24







PORTUGAL

A obsessão de mudar, mudar mais ainda e só mais um pouco é o constante da sociedade contemporânea, falando especialmente da portuguesa.
Quebrar com a tradição, com os costumes, com os valores, com tudo o que moveu os nossos antepassados, tudo o que os levou a glória. Enfiados em pensamentos derrotistas, desacreditados num futuro próspero da Nação. Sim, porque Portugal terá futuro, mas, com certeza não será o melhor se não mudarmos a nossa maneira de nos apresentarmos face a esta sociedade cada vez mais impiedosa. Se não reagirmos, se não nos opusermos ao rumo actual. No fundo, esta sociedade que se esgota em socialismos baratos e caducos está a terminar. Nota-se ainda uma busca insaciável por um “desenvolvimento cultural”, “uma alteração de mentalidades”, a procura incessante por um suposto “modernismo”. Modernismo e evolução que se traduzem muito resumidamente na legalização de drogas, no aborto livre e noutra praticas homicidas e inimigas do ser humano. Tentamos seguir o exemplo de países estrangeiros “mais desenvolvidos”, mesmo que esteja à vista o mau resultado destas políticas.”Não nos interessa”- dizem os amigos do sistema - "ao menos assim, lá fora, pensam que somos modernos e não perdemos o “comboio do desenvolvimento”.

Meus amigos, há que notar que é exactamente este estado de espírito de pequenez e burrice atroz que nos vai levando à ruína crescente.
Felizmente o ponto final disto tudo já não é aquele monstro de outrora. As pessoas vão abrindo os olhos, porque errar é humano e já se errou muito no passado. Mas vamos tentar aperfeiçoar o que está mal, porque não somos perfeitos, mas ao menos devemos tentar sê-lo.
Vamos pensar se de facto vivemos em liberdade. Se este mundo de intrigas, de desrespeito, de promiscuidade, de violência é o que queremos como berço para os nossos filhos. Haverá liberdade sem estabilidade? Haverá liberdade sem segurança? Haverá liberdade sem justiça? Haverá liberdade sem respeito?Haverá liberdade sem Liberdade?
O ponto final é agora a próxima meta a atingir, o ponto de viragem, de ruptura com o vigente, de corte com o presente decadente, de esperança num futuro brilhante para a Nossa Nação. Não pretendemos o cinzentismo de regimes do passado, nem uma cópia do que não resultou. Mas preferimos um exemplo com alguns erros, do que um modelo autodestrutivo que não é exemplo para alguém e que em nada tem a ver com o Nosso Povo, com a Nossa História, muitos menos pode ter a ver com o Nosso Futuro. A história é como um ciclo, vai-se repetindo, mas vão se aperfeiçoando os modelos. Mas é um ciclo que exige atitude e vontade de uma verdadeira mudança, que não é nada mais nada menos que um regresso à normalidade. Uma verdadeira mudança não são estas que o sistema vai vendendo. É a nossa.

Pretendemos uma coisa muito simples: um Portugal honrado, justo, glorioso, seguro, desenvolvido, forte, soberano, competente e honesto.

Viva Portugal

19 comentários:

THE BEAST disse...

VIVA PORTUGAL!

Anónimo disse...

a derrota são voces!! agora até o "lider" do movimento nacionalista tá preso...vcs são o pior...

Anónimo disse...

Many heard the call of the Rooster...the response has been astounding
We've had a wonderful response to the Call of the Rooster, an idea to create a debate society in San Francisco to serve "north Silicon Valley"--twenty years on from the founding of the Churchill Club in Palo ...
Hey you've got a great blog here, the best I've seen so far, keep up the good job! A few days ago I was surfing the web and came across this cool site on Online loans. It features all sorts of interesting information on Online loans and makes it super easy to apply online. Now I know that people want fast services I recommend they visit Online loans for quick and hassle-free service.

Anónimo disse...

Bom incentivo pessoal! Não esmoreçam, continuem o excelente trabalho! Parabens a toda a equipa!

Jovem LuSitano

Mestre de Aviz disse...

O Socrates é gay

Ajtel disse...

Glória a Portugal, com a Renovação
alcançada pelo Partido Nacional!

Maria Portugal disse...

Avante Portugal! Não te deixes abater pelo cinzentismo e desânimo!

Anónimo disse...

Acho que o problema disto tudo é o facto do portugues nao achar que o trabalho é motivo de orgulho, nem que a naçao é motivo de orgulho...Qualquer causa ou actividade nobre na nossa naçao é vista de soslaio, com desconfiança e discrimina-se quem pensa e defende estes nobres valores. Como li ao longo do vosso blog, Portugal tem e vai mudar de rumo. Voces continuem o bom trabalho.

Cumprimentos para a vossa equipa e para os restantes blogs da causa nacionalista


José

Mestre de Aviz disse...

Muito obrigado, José e aparece sempre que puderes!

Cumprimentos

Besta Mecanica disse...

Finalmente voltaram aos posts! Felizmente mantêm a qualidade. Vamos a postar mais meus camaradas, que o movimento precisa de voces!!!

Nao se esqueçam dos leitores que diariamente tentam visitar o vosso blog para lerem os textos de qualidade a que nos habituaram no inicio da vossa existencia.

PS: vejo que voltaram a colocar o contador. Foi bom, para verem que se nao escreverem vao perdendo visitas

Cumprimentos

Ze do Telhado disse...

Caro camarada Besta Mecanica. Antes de mais, quero agradecer a confiança que nos delegas ao leres com assiduidade os nossos posts e acompanhando todo o funcionamento do blog. Gostava de realçar, no entanto, que não podemos escrever com a velocidade de outros tempos porque estamos em trabalho. Sobra pouco tempo para postar. Não quero que penses que por alguma razao descuidamos as nossas tarefas como nacionalistas. O nosso dia-a-dia é feito para o movimento.

Vamos tentar começar a postar com mais alguma frequencia, todavia nao prometemos prazos. Os nossos textos saiem com naturalidade, nao tanto como desejariamos.

Um abraço

Ze do Telhado disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Jb Weber disse...

Meus amigos, o que dizem é uma perda de tempo. Portugal nao pode ter fronteiras, temos de pnsar num mercado totalmente livre, nao so para a Europa como para o Mundo, so assim se tera desenvolvimento. Somos os Neo-Liberais, o futuro. Reformaremos o PSD e traremos os principios basilares do Liberalismo: - Liberdade, Segurança, Propriedade


Cumprimentos

Genzod disse...

Para ser neo-liberalista existe o PND...

Mestre de Aviz disse...

abrem-se as fronteiras, entra a merda e o país morre

jb weber disse...

existe o PND mas o PSD tem capacidade de apresentar pessoal mais competente..

Gonçalo disse...

Anonymous said...

a derrota são voces!! agora até o "lider" do movimento nacionalista tá preso...vcs são o pior...


o que disseste demonstra uma total falta de conhecimento... desde quando termo de identidade e residência é estar preso?

Ze do Telhado disse...

Nem mais! Esta oposição ao nosso movimento é tao reles e desprovida de inteligencia que chega ao cumulo de me dar vontade de rir.

Anónimo disse...

That's a great story. Waiting for more. here