quarta-feira, maio 31


Jamais poderemos esquecer!


Caros leitores do blog, hoje apetece-me fazer verdadeiro "serviço público"(expressão que pelos vistos está na moda), numa pequena abordagem histórica a certos partidos, movimentos e pessoas de esquerda mais influentes. Serei portanto isento na exposição dos factos, mas não me irei abster de opinar quando isso se proporcionar. Pretendo desta forma (re)lembrar aqueles que, por profunda ignorância (espero eu) - não por serem psicopatas e anti-humanos - apoiam a pior ideologia de todos os tempos, "que mata mais pessoas que o cancro".
Irei recorrer para o efeito a documentos históricos, mais concretamente a imagens, para que não me acusem de manipulação e tentem tirar credibilidade à mensagem. Pois, caros srs. de Esquerda, contra factos não há argumentos. Passemos à acção:

Bom, neste cartaz é perfeitamente visível o retrato de Estaline e de Mao Tsé-Tung, entre outros. Para os menos informados, estes homens foram dos maiores psicopatas que a política já conheceu. Mataram milhões de civis, assassinaram o próprio povo. Trouxeram consigo a pobreza, a fome, o subdesenvolvimento, a falta de iniciativa, enfim mataram o Homem e tudo o que o caracteriza. Tudo sobre o pretexto de uma Nova Sociedade sem classes e sem identidade própria. Sociedade essa que supostamente protegeria os trabalhadores por conta de outrem. Seria a ditadura do proletariado. Convém agora realçar que o cartaz pertence ao PCP ( Partido Comunista Português), ainda que a uma facção mais radical, com o (R) de Renovado. Mesmo não sendo actual, surgiu quando já se sabia há muito dos crimes horrendos que os regimes comunistas praticaram e continuam a praticar. É esta a verdadeira face do comunismo. Por muita simpatia que o sr.Jerónimo gere, já o povo dizia, "quem vê caras não vê corações." Diria que o PCP actualmente é o lobo que veste a pele de cordeiro.


Na mesma linha de pensamento e por isso dispensando grandes apresentações, vem o PCTP-MRPP. Escolhi esta imagem pelo nome da figura envolvida. Importa realçar que não estamos perante um mero apoiante levado pelas correntes tóxicas pós-revolução. Estamos a falar de um verdadeiro dirigente que deu a cara pelo partido encabeçando uma lista com o seu nome.

Mas há mais:

Para os que dizem: "Ah, eu sou do P.S., porque sou de Esquerda, mas moderado"(...)"ou de centro-esquerda"- aqui está o "barrete tirado".

Digo o "barrete tirado" porque não há moderação no Socialismo. Se houver, deixa de ser socialismo e passa a ser outra coisa qualquer! Basta olhar para este cartaz do Partido Socialista e constatar que o objectivo é comum ao do PCP, ainda que sem inspiração nos "tiranos vermelhos". Pretende-se o "controle operário". Ora este "controle" não é mais do que a ditadura do proletariado, tão vangloriada pela esquerda.

Esta questão do proletariado pode revelar-se desactualizada no discurso actual do PS e noutros partidos mais radicais de esquerda- se bem que o PCP e nalguns aspectos o BE nunca se conseguiram desvincular da conversa cassete dos "direitos dos trabalhadores", etc, como se os patrões não fossem também trabalhadores, ou como se a economia sem riqueza funcionasse, ou ainda como se o Homem fosse um "robot". Mas enfim, talvez já me esteja a afastar do assunto e da mensagem que pretendo transmitir - no entanto mudaram só as palavras e as pessoas. Os temas agora são, de um modo geral, os funcionários públicos, os imigrantes ilegais, a perseguição, sem limites, à classe média e aos empresários mais empreendedores. O desejo prende-se com o mesmo no fundo. Uma sociedade com pessoas sem alma, sem ambição e sem caminho.

Bem, eu poderia ficar agora aqui o resto da tarde a publicar cartazes da esquerda. Todavia, julgo que estes três bastam para elucidar aqueles que ainda se deixam "drogar" por esta ideologia.

Porque nunca nos esquecemos da Verdade achamos que, por bem das gerações futuras, devem ser divulgados os factos históricos incontestáveis para que não se formem, erradamente, consciências políticas contra-natura. O nosso ideal, a nossa política, é para a Nação. Não esqueceremos os traidores da nossa Pátria, que tentaram e continuam a tentar, inadvertidamente e de forma ilegítima e oportunista, instalar um regime totalitário em Portugal. E porque a Nação que queremos é feita para o Homem e nunca contra ele, dizemos NÃO À ESQUERDA e SIM A PORTUGAL!

24 comentários:

Mestre de Aviz disse...

nada a dizer...

besta mecanica disse...

Bom texto. A mensagem penso que foi bem conseguida. De restom tal como o mestre de avis, nada a dizer, a n ser mt bem!

Força e continuação de bom trabalho.
Saudaçoes

Rodrigues Morgado disse...

Grande mudança na apresentação do blog (para melhor), congratulações!

Quanto ao post: sublime.

Saudações Nacionalistas!

Camisa Azul disse...

Caro amigo embora concordando inteiramente consigo. Permita-me que lhe faça um reparo. O primeiro cartaz pertence ao PCP Reconstruído. Nada tem a ver com o PCP, mas sim com muitos dos que hoje militam no BE.
Este partido surgiu a seguir ao 25 de Abril e acho que vinha da FEC ML.

Sr. da razao disse...

Amigos, descobri por acaso,após ler este post, esta noticia:

http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=201227&idCanal=91

Só para verem que muita gente já esqueceu

Sr. da razao disse...

Gostava de ler a vossa opinião sobre o assunto desta notícia:

http://www.elmundo.es/elmundo/2005/05/11/sociedad/1115808137.html


(Retirei-a do blog "cegos, surdos e mudos"...)

Ze do Telhado disse...

Caro Vitor Ramalho, muito obrigado pelo reparo. O meu pai disse-me a mesma coisa. Explicou-me no entanto que este PCP era uma facção mais radical, próxima da UDP. Inicialmente os seus membros eram de facto do PCP, daí adoptarem a sigla. A parte do (R) foi, no entanto temporaria, pois este movimento dissipou-se e continuou na mesma linha radical, mas com outra capa. Por isso é que coloquei o cartaz. No fundo, serão todos o mesmo, daí que julgue que terá muito a ver com o PCP.
Seria importante ainda referir que, se de facto o que disse é verdade, na questao de muitos hj militarem no BE, só se confirma o que me disseram. Isto porque o BE surgiu da coligaçao entre o PSR(partido trotskista) e a UDP( estalinista, tendo este ultimo na sua genese elementos da facçao radical do PCP, que mais tarde viria a ser o PCP (R).

Quanto ao caríssimo camarada Rodrigues, queria agradecer-lhe pela consideração, com os mais sinceros cumprimentos.

Sem mais a dizr

Saudaçoes Camaradas

Ze do Telhado disse...

Quanto à minha opinião do assunto, julgo que é muito clara. Não sou revisionista do holocausto judeu, mas também não sou um cordeiro que absorve tudo o que lhe dizem. O poder e a influencia que os judeus têm actualmente, permite-lhes servirem-se de certos acontecimentos históricos, deturpando-os, para se vitimizarem e realçarem o mito de serem "O Povo Eleito".
De qualquer forma, óbvio que houve relatos falsos sobre alegadas barbaridades feitas por nazis. Mas daí a generalizar e dizer que não houve massacre nem perseguição, será retirar credibilidade a todo o discurso. Houve exageros e perseguições, como em todos os outros conflitos. O terror não foi nem será o monopolio dos nacional-socialistas. Assim como o holocausto não é exclusivo do alegado massacre judeu. Não houve um holocausto, houve vários ao longo da histório do Mundo. É importante nunca se esquecer isso.

Ze do Telhado disse...

PS: Cumprimentos camarada sr.da razao.

ciclopus disse...

o q é q me interessa o q vcs dizem? O q m interessa e q os portugueses dizem SIM a esquerda e nao a voces, por muito q iso vos retire o sono. Acho q este post foi mais uma tentativa de propaganda falhada!

Numa palavra resumiria a mensagem: MEDIOCRE

Mestre de Aviz disse...

dizem SIM à esquerda pois não têm outra hipótese. Quando forem confrontados com a verdade, dizem logo NÃO, isso lhe garanto.

ciclopus disse...

Oh sim, o CDS o PND o PNR e por aí fora nem existem nem nada. A verdade é simples, e a ESQUERDA é q a dita, porque so ela ve bem os probs. Cuida-te cabraozinho nacionalista!

Mestre de Aviz disse...

Que eu saiba a sua esquerda controla todo o tipo de comunicações sociais, não deixando chegar a mensagem do nacionalismo.

E fale bem que já tem dentes, a não ser que queira ficar sem eles!

Santos R. Queiroz disse...

Descobri agora o blogue. Peca a descoberta por tardia. Parabéns pela óptima postagem, por tirar as máscaras (barrete) com que enganam os Portugueses. E já agora por ser explicada a origem destes "novos partidos", como o BE. As gerações mais novas tendem a deixar-se levar por esta falsa opção. Digo-lhes: são os do costume. Os mesmos que arruinaram a China, a Rússia e todos os países que govrnaram.

Clareza na mensagem. Um óptimo trabalho pela defesa da Pátria. As minhas felicitações.

Ze do Telhado disse...

Muito obrigado caro Santos R. Queiroz. Esperemos conseguir passar bem a mensagem. A Pátria está sempre primeiro.

Saudações

Anónimo disse...

Voceês acham-se muito bons...ESTAMOS EM GUERRA, vao abrindo os olhos pq nos nao vamos perdoar as vossas tentativas fachistas...FILHOS DUMA GRANDA P*TA!

Ass.:Bentley de LATA

Mestre de Aviz disse...

filhos da puta traidores não são bem-vindos a este blog nem a este país. Fora!

Ze do Telhado disse...

O sr é um cobarde sem consciencia de Nação. Faça um favor a todos, esteja calado.

xoninhas disse...

Concordo. Acho que esse post devia ser divulgado por email também, para desmascar-se a verdadeira face dos comunas!

Anónimo disse...

I really enjoyed looking at your site, I found it very helpful indeed, keep up the good work.
»

Anónimo disse...

Atenção ao fundamentalismo!!!!! Basta dizer não à esquerda, para ser contra Portugal. Todos os cidadãos são Portugueses, esquerda, direita, centro, etc.

Ze do Telhado disse...

"Anonymous said...
Atenção ao fundamentalismo!!!!! Basta dizer não à esquerda, para ser contra Portugal. Todos os cidadãos são Portugueses, esquerda, direita, centro, etc. "

Parece-me que estamos perante um caso de verdadeiro deficit de compreensão linguístico. Não à esquerda significa "Não a uma ideologia anti-pátria". Não significa "Não aos Portugueses de Esquerda".
O que se pretende é, exactamente, uma mudança por parte desses indivíduos de esquerda. Qualquer pessoa, quando confrontada com a verdade, mudará por certo de opinião. Desta forma, julgo poder afirmar que não há qualquer tipo de fundamentalismo no post, mas sim um ALERTA para o fundamentalismo da Esquerda. São coisas distintas e incomparáveis.

Anónimo disse...

Greets to the webmaster of this wonderful site! Keep up the good work. Thanks.
»

Anónimo disse...

Very nice site! Rental mercedes Chrysler wholesale parts Norwalk connecticut plastic surgeon liposuction cost