quarta-feira, agosto 2


Reflexão

“Os homens podem saber mais do que os seus antepassados se partirem do conhecimento por eles transmitido....É por isso que uma sociedade só pode ser progressista se preservar as suas tradições.”
Walter Lippmann (1889 - 1974)

4 comentários:

Pedro Ferreira, Visconde de Cunhaú disse...

Não acrescentaria nada a esta frase! E em Portugal, infelizmente faz-se tudo ao contrário. Aliás, muitas vezes parece que há por aí uns tantos que se envergonham do nosso passado histórico.

Ze do Telhado disse...

Estamos a recolher ainda os frutos da pseudo-revolução libertária.

Santos R. Queiroz disse...

A verdade desta constatação é evidente. É dever de quem já o compreendeu defender a Tradição.
No fundo, é uma questão de lógica: são as nações melhor sucedidas as que uma maior e mais gloriosa história apresentam, sendo por isso os seus valores os que lhe permitiram e permitem uma existência segura e cada vez mais consolidada com o passar do tempo.

"Uma Pátria é como uma árvore. Tirar-lhe a História é como cortar-lhe as raízes. Uma árvore sem raízes morre." - Professor José H. Saraiva. Creio que onde se lê História se poderia ler passado e tradição. Não será a Tradição Portuguesa o fruto de séculos de aprendizagem?

Estou convencido que é, de facto. E estou certo que um Portugal que se renega é um Portugal que definha e morre (e ainda não se cumpriu!, diria o grande Pessoa).

haja fe disse...

Simples mas genial. Granda Walter Lippmann!! Bom blog.