quarta-feira, dezembro 27


Reposições de Verdade

De facto, os políticos de outrora defenderam realmente o Interesse Nacional.
É a realidade, a imagem que nos é transmitida pela leitura dos documentos históricos da época e pelos dados estatísticos que dispomos. Uma atitude louvável, comentada até por personalidades estrangeiras. É certo que não fizeram mais do que aquilo para que foram mandatados. Mas com honra e honestidade. Na adequação perfeita do lema: Servir e não servir-se da Pátria. Outros compromissos, outra dignidade, outra virtude. Hoje parece que caímos na desgraça.
A transcrição do seguinte texto não surge por motivações saudosistas, mas pela consciência plena de fazer justiça para com os Estadistas que representaram Portugal da melhor maneira que puderam. Expor a história sem complexos, pela reposição da Verdade.
Irei transcrever, então, um discurso entre professores catedráticos espanhóis sobre a postura de Marcello Caetano, perante a defesa dos interesses da Pátria:
"Caetano está seguro de que a Comunidade Económica Europeia inevitavelmente desejará, por razões históricas, políticas e económicas, a incorporação da Espanha e Portugal. Entende por isso que o acordo a negociar com o Mercado Comum terá de oferecer claras vantagens para a economia portuguesa e não lhe interessa só um ‘acordo de prestígio’."

12 comentários:

besta mecanica disse...

Sim, é importante relembrar ou mesmo ensinar de novo aos portugueses a história, sem os complexos e influencias das correntes canhotas...

Cumprimentos e Feliz Natal atrasado.

jb bettencourt disse...

Concordo. Convém nunca esquecer o papel de Marcello Caetano, frequentemente deturpado mesmo pelos "homens de direita".

Oportunos como sempre.

Cumprimentos

Tiago Mendonça disse...

Caro Zé do Telhado,

Na leitura que faço por vários blogues nacionais, aconteceu, hoje passar por este, e deparar-me com um post sobre Marcello Caetano. Uma pequena nota, para informar ou relembrar que na Faculdade de Direito de Lisboa foi feita, recentemente, homenangem ao Prof.Marcello Caetano sendo lançada uma obra colectiva de estudos em memória a Marcello Caetano. Ainda no ambito do direito, especificamente, do direito constitucional, aconselhar a todos os que gostam dessa matéria a leitura do manual de ciencia politica, do professor Marcello Caetano que aborda diversas matérias constitucionais, chamando particular atenção para o, brilhante, estudo que este faz acerca das mais importantes histórias constitucionais mundiais, bem como a sua ligação à historia constitucional Portuguesa. Num apontamento diferente do ambito deste post, mas com base no interesse que alguns membros deste blogue tem mostrado em alguns textos meus, nomeadamente no tocante ao tema da interrupcção voluntária da gravidez, e até em algum dialogo e troca de opiniões feita acerca dessa mesma temática, deixar a nota de que lancei hà dias no meu blogue ( www.cascatanegra.blogspot.com) uma teoria que relaciona uma visão pessoal,sobre a noite de Lisboa e um conceito de prostituição-indirecta que criei para configurar a minha ideia acerca desse mesmo tema. Deixem o vosso comentário. Termino desejando, um excelente 2007 a este blogue, que não defendendo sempre as causas, que considero comuns, de uma maneira igual a minha, tem-se mostrado activo e persistente na defesa de ideais próprios e no despertar de problemáticas verdadeiramente reais. Só por isso um merecido um aplauso.

Ze do Telhado disse...

Antes de mais gostava de lhe agradecer pelo comentário.

O manual do prof.Marcello Caetano é de facto de relevante importância no que refere ao Direito Português. Felizmente para todos nós, a sua obra não ficou por aí. O legado que nos deixou é enorme, todavia, pouco conhecido pelos portugueses. É por isso que insistimos na sua divulgação, por razões de justiça, verdade e, principalmentede, honestidade intelectual.
Em breve, terei todo o gosto em visitar o seu blog.

Os sinceros cumprimentos e o desejo de um bom Ano Novo.

Anónimo disse...

Voces sao feios

Ze do Telhado disse...

Que esse seja o nosso pior defeito.

Anónimo disse...

Não deve ser. O vosso pior defeito é serem atrasados mentais caralho

Mestre de Aviz disse...

ficamos felizes por achar isso

besta mecanica disse...

A sua melhor qualidade é proferir, de forma mediocre, umas quantas palavras ordinárias e ofensivas. Deve ser por estar em constante diarreia mental. Há que libertar essa m*rda toda. Enfim... amigo dos louçãs...

jb bettencourt disse...

Aos poucos, fazer-se-á justiça ao nome daqueles que nunca vergaram, pela Pátria.

Boa iniciativa

Ze do Telhado disse...

Obrigado companheiro

Augusto Emilio disse...

Sempre me pareceu que as "Escolhas de Marcelo" eram acertadas, mas depois via o programa e não tinham ponta por onde se lhe pegasse. Coitados, deviam querer as "Escolhas de Marcello", não deu arranjaram um duplo. Grande homem, é sempre bom lembrar Marcello Caetano.