segunda-feira, janeiro 1


Plataforma "Não Obrigada"


Urgente


"É urgente recolher o máximo número de assinaturas que permitam aos grupos cívicos empenhados por todo o país no combate à liberalização total do aborto inscreverem-se junto da Comissão Nacional de Eleições para que tenham, durante a campanha eleitoral, direito a tempo de antena nas rádios e televisões e a um tratamento justo pela comunicação social.
Numa tentativa de fazer o levantamento das várias iniciativas pelo país fora, este é o ponto de situação.
À frente de cada localização está o grupo cívico que recolhe as assinaturas e a respectiva folha de assinaturas e manifesto para descarregar. Descarregue a lista para recolha de assinaturas da sua àrea de residência, assine-a, recolha as assinaturas que puder e envie-a com urgência para a morada indicada na própria folha".

Para tal dirija-se a http://www.nao-obrigada.org/campanha/recolhadeassinaturas.html

Um ano cheio de vida(s)!

13 comentários:

besta mecanica disse...

Já assinei, caríssimo amigo Mestre de Avis. De resto, nunca é de mais realçar a urgência da recolha de assinaturas. Para que a verdade tenha voz e possa ser representada correctamente, já que o resto do "sistema" se uniu todo no sentido de fazer uma camapanha indirecta, mas perigosa, pela cultura da Morte.

Cumprimentos

Augusto Emilio disse...

Aproveito a bem aventurada lembrança do Mestre de Avis em divulgar os cada vez mais raros polos de resistência pela vida, para apresentar o movimento do qual faço parte "Algarve pela vida" e que também está a lutar pelas 5000 assinaturas que o legitimem na Comissão Nacional de Eleições.
Aqui fica a morada da página do movimento: http://www.algarvepelavida.org/

Um Bom Ano a todos

Anónimo disse...

Atrasados mentais...fodassse

besta mecanica disse...

Este deve ser amigo do D.Louçã....

Cumprimentos companheiros

Anónimo disse...

qem é o Imperio Lusitano?


Joel

Anónimo disse...

"liberalização total do aborto"

Não deves tar a falar do mesmo referendo que o resto do país anda a discutir...

Tambem nao sou a favor, mas informa-te melhor

besta mecanica disse...

Tu cá tu lá....brutal. Deve ser nosso amigo o senhor.Não será liberalizar totalmente o aborto, quando se subordina esse assassínio ao simples capricho da mulher? O senhor é que não sabe do que fala. ´Sim, claro, o limite são as 10 semanas. E daí? Liberalização total a nível dos motivos. É só o primeiro passo. Mais tarde abolir-se-ão as barreiras do prazo de 10 para 15 de 15 para 20 e por aí em diante. Enfim, parece que o senhor é muito entendido. Sabe, a melhor figura para si seria estar calado.

Anónimo disse...

Atão e xe 1 gaja kizer ñ ter o puto como é??? È obrigáda a Te-lo na mexma e depoix komo é? O puto é da mãi ainda nem tà vivo tá na barriga da gaja carago!!!!

Augusto Emilio disse...

Não está vivo? Então como se mata algo que não está vivo? Há com cada idiota...

Anónimo disse...

"Despenalização do aborto até às 10 semanas"

"liberalização total do aborto"

Em comum, so a palavra "aborto"...

O vosso discurso (não no conteúdo, mas na forma e no tom) cada vez se parece mais ao da esquerdalha arrogante e "dona da razão". Aquela que voces/nos odiamos por falarem como se fossem donos da razão, e tratando o indivíduo de opiniao diferente como burro e "fascista".

Cada vez leio menos o vosso blog! Antes era leitor assíduo, mas agora é so aborto,abort e aborto. Voces andam obcecados com isso. Depois é so textos gigantes que ja nem há paciencia. Depois é esta arrogância. Vejam o exemplo do anacleto-a-mula-maluca.blogspot.com/. Aí sim há diversidade, artigos curtos e objectivos, e sem nunca fugir ao tema, a luta pelo nacionalismo e contra a esquerdalha.

Voces, se o "SIM" ganhar, dão um tiro na cabeça? É o que parece...

Augusto Emilio disse...

Respondendo a titulo pessoal, fui espreitar o blogue que indicou e confesso que gostei bastante. É directo, mordaz e bastante certeiro. Os meus textos que se devem incluir no que apelidou de "gigantes que já não há paciência" admito que não são de leitura leve, e talvez nem todas as pessoas disponham de tempo ou interesse para se debruçarem de uma maneira densa sobre aquilo que eu esponho. Mas o meu intuito é informar, não apenas divertir. Dou a minha opinião! A reflexão dá trabalho, é extensa e para apresentar uma Ideia fundamentada, acredito que precisa ser bem defendida para que não haja margem para dúvidas e não deixe espaço para ser refutada. Não me considero o dono da Razão, mas faço uso dela, e claro que quando sou confrontado com ideias que não foram minimamente por esta, não posso deixar de as tratar como o são, trastes. Se o aborto não interessa, tenho pena pois é uma vitória crucial entre o Bem e o Mal, e a representação máxima da crueldade e decadência instituida.
Tenho pena que não estejamos à altura da sua exigência e a perda de um leitor é lamentável, mas não se pode agradar a gregos e troianos quando se trata de defender valores mais altos, e acreditar na Verdade é o que nos define mesmo que fira susceptibilidades.

Bem haja

Anónimo disse...

Quando escrevi "O vosso discurso (não no conteúdo, mas na forma e no tom) cada vez se parece mais ao da esquerdalha arrogante e "dona da razão".", estava me a referir nomeadamente aos comentarios dos colaboradores do blog a qualquer post. E por acaso, o augusto emilio é uma excepcao.

Posso é tb incluir no saco o "besta mecâncina" que embora nao seja colaborador está cá sempre nos comentarios.

A falar "como deve ser" é que a gente se entende

Augusto Emilio disse...

Mas os textos que escrevo são "gigantes que já não há paciência", adiante. Gostaria de sugerir mais uma vez que as pessoas que vêm deixar um post sério de qualquer posição, se identifiquem de alguma forma, para ser possível relacionar com quem estamos a falar. Não posso deixar de acrescentar, que por vezes é díficil estar a trabalhar para um local de discussão séria, e não perder a cabeça com os comentários de gente acefalada que só vem largar impropérios, palavrões ou opiniões não fundamentadas.

Bem-haja!