domingo, janeiro 7


Quotidiano - Exemplos de Boa Cidadania

16 comentários:

Anónimo disse...

You're right... They're hot!

Anónimo disse...

Hot shit...

besta mecanica disse...

Sem dúvida que é um exemplo de verdadeira cidadania. Há que seguir e motivar exemplos iguais ou semelhantes. Sempre pelo combate contra os radicais de esquerda...

Augusto Emilio disse...

É sempre bom ver a Verdade aparecer de uma forma bem humorada.

Bem-haja!

Anónimo disse...

este blog é ridiculo..em vez da criação de um espaço para debate de ideias, apresentam-se com piadas fáceis como o Che com sinal proibido..Não passam de uma cambada de putos ricos e fascistas...Viva o 25 de Abril, Viva o Che Guevara e viva todos aqules que contribuiem para fazer um Portugal melhor e não uma visão radical (rossando a extrem-direita)e destrutiva de tudo e todos..Crescam miudos

Ze do Telhado disse...

LOL um Portugal melhor e depois refere o Che e a sua pandilha? Meu caro, o sr. está perdido. Parece que a "piada fácil" lhe deu o toque. Mostra a sua pequenez. Típico de esquerda. Isso mais o estigma "puto rico e fascista". Enfim...

diogo disse...

o anonymous é rabeta.

Anónimo disse...

Típico de esquerda?la está esta miudagem de hoje em dia a colocar rotulos a esquerda e à direita..fique sabendo que cunheço muitos e bons defensores de politicas da chamada "direita"apreciadores da vida e do exemplo que foi Ché Guevara. E falar do Che Guevara ou deitar abaixo quem defende politcas comunistas não é fazer uma critica construtiva ao estado da nossa nação..Apenas, isso sim, desviar a atenção para o reais problemas do país e remeter para um debate fácil, demagógico e sem resultados práticos. Ideias extremas (sejam elas d direita ou esquerda) não ajudam Portugal. Depois de apreciar melhor o vosso blogue (confesso) vejo que há aqui posts de muita qualidade.É pena que contrastem tanto com outros blogues de ataque sistemático a quem simplesmente tem uma visão diferente da vossa. Eu não quero com isto dizer que sou esquerda ou direita.Pelo contrário, essas definiçoes em nada ajudam o nosso país..Sou, isso sim, um amante de Portugal e tento ajudar naquilo que posso. O futuro do nosso país está nas mãos da juventude.De vocês!!e são vocês quem teem de decidir fazer o que fazer com ele. Fiquem sabendo que se não fosse o 25 de Abril, este blogue com toda a certeza não existiria. Eu vivi numa época extrema da não liberdade e sofri a bom sofrer com isso. Queria apenas que vós, ainda de tenra idade, pensassem duas vezes antes de tumar posições tão radicais. Há gente boa da dita esquerda.Há gente boa na dita direita e apenas todos juntos se conseguirá reerguer Portugal..
PS jovens como o diogo apenas retiram credibilidade a este blogue.Se querem ser levados a sério, portem-se como tal!

Ze do Telhado disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

O que são "commies"?

Jaime
www.blog.jaimegaspar.com

Ze do Telhado disse...

Sim, claramente típico de esquerda. Essa tal confusão ideológica só existe hoje em dia porque os "senhores" da política não sabem bem o que são, nem o que defendem. Soa sempre tudo ao mesmo. Importa, todavia, realçar que isso não deve servir para misturar os conceitos, que são claramente opostos.
Repare antes de mais que o Diogo não é colaborador. Não tem por isso que ver com a responsabilidade do blog. O comentário que escreve é da sua exclusiva responsabilidade. Não vejo também, em que é que o seu comentário contribui ou deixa de contribuir para a credibilidade deste espaço. Isto porque, sem querer ofender susceptibilidades, o senhor descredibiliza-se, logo à partida, com um discurso falacioso, generalista, fazendo uso dos chavões habituais, facilmente refutáveis e vazios de profundidade. É, por isso, ainda mais grave que o comentário do tal Diogo, porque enquanto ele não procura passar uma imagem de iluminado, distorcendo conceitos e ideologias, o senhor vai proferindo umas palavras, como se de Verdade se tratasse. Gostaria de acrescentar também que deve ter atenção ao que diz. O seu discurso carrega alguma presunção e tentativa de orientação como se de uma entidade intelectualmente superior se tratasse, sem ter objectividade na análise, ou método na argumentação.
Digamos que, em primeiro lugar, temos o direito de publicar o que queremos. Não temos de obedecer a um padrão, muito menos de dar satisfações pelo conteúdo, que não é, certamente, ofensivo, nem extravasa os limites da legalidade.
Será fácil também supor, que o senhor e outros leitores, não teriam ficado revoltados se tivesse sido publicada uma fotografia com a cara de Mussolini riscada... Adiante…
Quero reforçar aqui a ideia de que nosso blog é de acção e reacção, portanto, se é sensível, se chora com o que lê, então aconselho-o que faça uso do rato que certamente o seu computador possui, e feche a janela da Internet.
Por último, e para que não fique muito aborrecido, deixo-lhe mais uma opinião pessoal que tenho para mim que não lhe agradará especialmente. Quem ama o 25 de Abril e o coloca no patamar que colocou, não pode amar Portugal. É contraditório, porque não defende o seu povo. Daí a insistência na reposição da Verdade e no combate à grande epidemia ideológica que tem sido o Socialismo. Ser radical não implica ausência de uso da razão. Implica muitas vezes pragmatismo e capacidade de intervenção. Tentamos corrigir aquilo que a maioria da sua geração não fez, ou deixou que o lado errado fizesse. Está à vista a glória dessa "abençoada" revolução. Fartos do marasmo e do retrocesso estamos nós! Que senhores como você comecem a agir em vez de mandarem os seus "bitaites" de "bota abaixo" no sofá, munidos da bela da mini enquanto corta as unhas dos pés. (como vê, também consigo ser presunçoso e achar que sei como o senhor é).
Se, como disse, não fosse o 25 de Abril, este blogue não existiria. Concordo consigo, mas por razões diferentes. Provavelmente não precisávamos de existir. Pense nisso e no resto e, para a próxima, faça melhor figura. Mas não desista, ainda está a tempo.

Cumprimentos

Ze do Telhado disse...

"Commies" são "Comunas".

Anónimo disse...

Realmente estamos aqui a tratar com miudos! Pensava que pela escrita que apresentavam que seriam pessoas mais maduras e com a capacidade de aceitação da critica.!º ponto: eu nao tenho de dar credibilidade a este blogue pois este não é da minha responsabilidade. Apenas estou aqui a transmitir a minha opinião e tentar fazer (ainda que sem sucesso) com que pelo menos enqunato lê o que escrevi pare para pensar. Antes d continuar deixeme fazer um àparte: peço desculpa por ter assumido que o "diogo" era vosso colaborador.Os meus cunhecimentos no dominio dos blogues nao sao vastos e pensei que se aparecesse um nome e não anónimo seria automaticamente colaborardor..Mas adiante.. Disse que eu ficaria contente se visse uma foto do Mussolini..Bem ou não le o que escrevi ou nao quiz perceber..Não é que eu nao tenha uma orientação ideologica...porque tenho, agora apenas nao partilho da opinião de quem diz "direita" e "esquerda"como verdades absolutas e inquestionaveis, cada uma para seu lado.. Acrescento ainda que não fui presunçoso, omiti apenas a minha opinião, como voces o fazem constantemente..Se realemnte um dia querem vir a ajudar portugal, será melhor seclahar cumecarem por ouvir todas as opiniões, mesmo daqueles a que chama de comunas e criticam constantemente, pois só assim se faz um bom lider, uma boa alternativa, uma boa soluçao! Este é o meu ultimo comentario.Penso que enquanto nao demonstrar alguma flexibilidade de pensamento não vale a pena falar, pois tratam-se apenas de crianças...e voulhe mostrar o que é ser presunçoso acerca de si: deve ter entre 18 e 20 anos, certamente estuda algo na area das letras da maneira que escreve, mas e o tipico menino betinho q anda em colegio e universidade privida e gosta de ir a cascais lanchar..Roupa de marca e relógio caro sao apetrechos que possui. Pais ricos, filho mimado, muito verde para ser alguem na vida..Cresca e aprenda a ser flexivel...ISto que escrevi é ser presunçoso..agora digame, estive assim longe da verdade?cumpriemntos

Ze do Telhado disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Ze do Telhado disse...

LOL ou tem a mania que é o professor Caramba ou é ridiculamente parvo. Ou uma ou outra. Ficar-me-ei pela segunda, ou pelas duas cumulativamente. Gostava de estar a debater posições com um indivíduo que, no mínimo, soubesse escrever na sua língua mãe. Sim, se quer abordar questões sérias e tomar posições no debate ideológico, pelo menos saiba expressar-se. Conviria também, para que a discussão se torne frutífera, que saiba claramente em que é que acredita. Senão, não passará de uma ovelha no meio do rebanho do sistema. Esse discurso débil deveria conferir-lhe alguma humildade e limitar-lhe a presunção.
Serei flexível noutras matérias. Quando se trata de discutir o futuro da Pátria, não há lugar para flexibilidades. Somos Patriotas, "sabemos o que queremos e para onde vamos".
Cumprimentos.

Anónimo disse...

vao é todos levar no cu...fascistas de merda!