quarta-feira, maio 2


"Liberdade" comunista

Porque é essencial esclarecer, mostrar, provar e revelar a verdade, o Império Lusitano sempre se comprometeu com a história. Portugal merece transparência nos debates. Muito está ainda por desmascarar.
Veja-se um mural comemorativo do aniversário do PCTP-MRPP, onde aparecem as caras de assassinos como Estaline, Mao Tsé-Tung, Lenine...






Bom, era só para informar o prezado leitor que este partido está legalizado e apresenta-se, tal como nos habituaram os partidos de extrema-esquerda, como paladino da liberdade e da democracia. Aliás, veja-se outro mural onde aparecem estas exactas palavras. Que bonito. Que tolerante que é a esquerda. Que bom que é apreciar o frio e a neve da Sibéria.




Tirem as vossas conclusões. Não deixem que o sistema vos atrofie o cérebro.

7 comentários:

jb bettencourt disse...

" Fascismo nunca mais! Poder popular! 25 de Abril sempre! " .. é tudo uma farsa. Vocês têm razão. Eles sempre quiseram totalitarismo. E continuam a querer. É triste. Mas acho que fizeram bem em mostrar os podres dos comunistas.

Anónimo disse...

Comunistas, nem vê-los, só foi pena a DGS, não os ter exterminado a todos!

Cumprimentos

NA

Pantera disse...

É tudo bom rapazes ;)

Abraço

Homem do Leme disse...

O homem do leme saúda toda a intervenção que combata o socialismo, saudando também desse modo os colaboradores deste blog.

Mário Ferreira disse...

Agora tentem imaginar o msmo cenario mas com as caras de Salazar,de Franco e de Mossolini...
Imaginaram...?pois bem era ouvir os telejornais de hora a hora a fazer reportagens em directo,os pseudo-intelectuais de esquerda a teçer teorias da comspiração.a Assembleia da Re(les)publica em sessão extraordinaria,com os deputados em sobressalto a espumar...uff ainda bem que esses murais são do esquerdalho.

Augusto Emilio disse...

Caro Mário Ferreira,

Não posso simpatizar mais com a sua analogia, a grande diferença é que não existem pessoas de direita sérias que se identifiquem com sistemas sanquinários, quanto à esquerdalhada extremista temos vários partidos e sindicatos que não só se identificam como usam os simbolos do terror. Temos também dois pesos e duas medidas para a liberdade de expressão no que toca aos simpatizantes de genocidas: os de esquerda até t-shirts têm, os de direita são punidos com prisão. Não me parece muito democratico.

Bem-haja!

Mário Ferreira disse...

Caro Augusto Emilio
Concordo plenamente consigo,a pseudo-democracia em que vivemos não permite ,nem consente que cidadãos livres expressem a sua opinião em relacao a outras formas de ver o mundo.Esses esquerdistas o que os move é o ódio a Pátria que os viu nascer,é o renegar a sua identidade historico-cultural,em deterimento de uma ideologia cega e parcial.