sábado, agosto 25


O significado da bandeira

Segundo a Wikipedia, a bandeira portuguesa (a republicana) tem o seguinte significado, que cito:

"A bandeira tem um significado republicano e nacionalista. A comissão encarregue da sua criação explica a inclusão do verde por ser a cor da esperança e por estar ligada à revolta republicana de 31 de Janeiro de 1891. Segundo a mesma comissão, o vermelho é "a cor combativa, quente, viril, por excelência. É a cor da conquista e do riso. Uma cor cantante, ardente, alegre (...). Lembra o sangue e incita à vitória". Durante o Estado Novo, foi difundida a ideia de que o verde representava as florestas de Portugal e de que o vermelho representava o sangue dos que tinham morrido pela independência da Nação. As cores da bandeira podem, contudo, ser interpretadas de maneiras diferentes, ao gosto de cada um.

No seu centro, achas-se o escudo de armas português (que se manteve tal como era na Monarquia), sobreposto a uma esfera armilar, que veio substituir a coroa da velha bandeira monárquica que representava o Império Colonial Português e as descobertas feitas por Portugal.

Os cincos pontos brancos representados nos cinco escudos no centro da bandeira fazem referência a uma lenda relacionada com o primeiro Rei de Portugal. A história diz  que antes da Batalha de Ourique (26 de Julho de 1139), Dom Afonso Henriques rezava pela protecção dos portugueses, quando teve uma visão de Jesus na Cruz. Dom Afonso Henriques ganhou a batalha e, em sinal de gratidão, incorporou o estigma na bandeira de seu pai, que era uma cruz azul em campo branco.

Tradicionalmente, os sete castelos representam as vitórias dos portugueses sobre os seus inimigos e simbolizam também o Reino do Algarve. No entanto, a verdade é que os castelos foram introduzidos nas armas de Portugal pela subida ao trono de Afonso III de Portugal, Este Rei português não podia usar as armas do pai, Dom Afonso II, sem "diferença" por não ser seu filho primogénito. Há quem considere que, com a subida ao trono de Dom Afonso III, ejá na qualidade de Rei, este deveria ter abandonado as suas armas pessoais e usado as do pai e do irmão."

Os autores da bandeira foram Columbano, João Chagas e Abel Botelho.

7 comentários:

forum novas gerações pnd disse...

FORUM NOVAS GERAÇÕES PND
Perante a direcção demissionária do Dr. manuel Monteiro.
O PND irá ter um novo rumo. Participe também......

http://novasgeracoes.forumotion.com/index.htm

Anónimo disse...

Tretas. A Bandeira é verde/vermelha pois eram as cores da Bandeira do Partido Republicano Português,

Anónimo disse...

também há quem diga que as cores resultam do Iberismo (vermelho- Espanha) ou da carbonária

Mestre de Aviz disse...

Como é dito no artigo, a interpretação da bandeira pode ser feita de muitas maneiras.

Cumprimentos

Nacional Integralista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Vermelho comunista, verde do partido os verdes. Portugal tem td para ser d esquerda.

Carlos Portugal disse...

Só respeito a actual bandeira republicana por ser a da minha Pátria. De resto, a sua origem é bem pouco recomendável, pois tratam-se das cores de uma loja maçónica, republicana e laica, que a impuseram, mais à malfadada república, a Portugal.

Por outro lado, em heráldica nunca devem ser usadas directamente como fundo cores opostas, como o vermelho e o verde, pois estas induzirão sempre conflito e fractura interna (para além de darem ares de bandeira de um qualquer novo «país» africano).

Oh, que saudades da belíssima bandeira azul e branca, ou da totalmente branca, arvorando ao centro o Escudo e a Coroa!

Talvez um dia, se Deus quiser.

Cumprimentos.